Relatos do tsunami

Recebi do Geraldo, que recebeu do Camacho, que recebeu desse Frans aí em baixo, que recebeu do cara…

From: “Frans Prijkel”
Sent: Wednesday, December 29, 2004 1:57 PM
Subject: Maremoto

Oi Amigos e Amigas,

Nesta tragédia enorme na Ásia com tantas perdas de vida e destruição estou repassando o relatório impressionante de Marcos, um Carioca que está no barco Utopia (Samoa 35 pés) em Phuket/Tailândia.

Tenho 6 barcos amigos com Holandeses, Brasileiros, Espanhóis e Belgas na região e ainda faltam noticias de 2 barcos. Torce que tudo deu certo !

Minha primeira mensagem não foi recebido por muitas pessoas por um erro na minha lista e vou repetir.

O Triton se encontra na ilha de Langkawi na Malásia, uns 150 milhas para o Sul de Phuket na Tailândia. A marina Royal Langkawi Yacht Club está bastante abrigada numa baia estreita cercada de ilhas, o que salvou a marina e o Triton de danos. Conforme o amigo Don que está na marina, chegou uma onda tsunami de 3 metros, mas já sem força. Os piers são do tipo flutuante e as instalações da marina em terra numa altura superior a 3 metros e não houve danos.

Já 2 outras marinas na ilha no lado Oeste e aberto para o mar sofreram danos extensos e tem barcos afundados.

_____________________________________________________
Em seguida o relatorio de Marcos:

Eram 09:30, o Utopia ja estava ancorado em Kata Beach, Koh Phuket, na Thailandia, ha 5 dias.

Eu estava costurando uma bandeira, quando o alarme da ancora comecou a tocar. Sai la fora e vi os veleiros girando para todas as direcoes. Os velejadores se olhavam sem entender nada. So comecei a perceber a encrenca quando olhei pro costao das pedras e vi um fluxo de agua invadindo a baia com uma forca indescritivel. Olhei pra praia, e as pessoas corriam para detras dos muros dos hoteis.

A cena foi dantesca!!!! O Oceano estava engolindo a praia. A ficha finalmente caiu, se tratava de um efeito de atividade sismica. Levantei a ancora depressa e me afastei com dificuldade, pois o Utopia nao conseguia vencer o fluxo de agua mesmo com 3000 rotacoes no motor. Todos os outros fizeram o mesmo e nenhum veleiro foi perdido (em Kata Beach). Me afastei uns 400 metros e assisti de olhos arregalados o que nunca pensei que fosse ver um dia. O mar engoliu a praia, subiu quase 6 metros em menos de 3 minutos, nao se via a praia, o mar estava no nivel das arvores, depois recuou muito alem do limite da mare seca, depois engoliu a praia de novo e retornou, tudo isso muito rapido.

Esses 2 primeiros fluxo e refluxo foram os mais violentos, depois sucedeu mais 3 vezes, com menos forca. Uma onda reversa voltava em direcao ao mar a cada retorno das aguas. Quando tudo acalmou um pouco, o cenario era desolador, tudo que se pode imaginar flutuava nas aguas da baia: mesas, cadeiras, armarios, pranchas de windsurf, geladeiras, guarda-sois, almofadas, sacos de pao, cachos de coco, pes-de-pato, cilindros de mergulho, roupas de neoprene etc…

Em toda costa oeste de Koh Phuket via-se dezenas de veleiros sem saber pra onde ir, nao sabendo se ja era seguro retornar, pois havia rumores que outra vez aconteceria as 17:00.

Retornei pra ancoragem as 16:00, porem mais afastado, joguei o ferro em 17 metros(estava em 8 metros quando tudo aconteceu). Os mais receosos deixaram o veleiro e foram para um hotel, outros ficaram a deriva na isobatimetrica de 50 metros a noite toda e so ancoraram novamente na manha seguinte. Foi uma pena, pessoas pobres que tinham kiosques a beira mar para vender pro turista, esses perderam tudo.

No dia seguinte desci com o bote na praia e vi os estragos….mais tristeza.

Neste mesmo dia 27/12 desloquei o Utopia para o outro lado da ilha, parei numa marina para abastecer de agua e diesel, e somente hoje(28/12) fiquei sabendo de tudo, inclusive a tragedia em Sri Lanka. O que aconteceu na Thailandia foi so um pelinho do cotovelo do tsunami.

Tudo ficou sem graca, os turistas foram embora, e a praia (Ao Patong) onde eu ia passar o ano-novo esta aos pedacos.

Ja fiz a saida do pais e amanha(29/12) parto pra India, meu ano-novo sera no meio do Oceano Indico. Guardei uns jornais locais e mostrarei a todos quando chegar.

Obrigado a todos pelo carinho e pela preocupacao de todos, pode preparar o gelo e o carvao, pois em novembro estou chegando cheio de estorias.

GRANDE ABRACO E FELIZ ANO-NOVO A TODOS
MARCAO

Ainda no assunto tsunami, o Hiro contribuiu involuntariamente com esses links para vídeos:

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 7 total, 1 max)