Absurdos do passado da informática (Parte I de II)

Existiu um tempo, não muito distante, em que informática era coisa para especialistas, e tanto os jornalistas como os publicitários, mesmo os ditos especializados, mal tinham noção de que bicho era esse. Aliás, mesmo os gigantes dessa indústria não tinham (e continuam não tendo) o mínimo de conhecimento necessário para evitar besteiras homéricas, deixando escapar absurdos hilários.

* Folha de S. Paulo – 28/09/1991

Monitor de Micro Informática
Com conhecimento em Clipper, Dbase III e IV, Wordstar, Lotus I, II e III, IV Pro, com profundos conhecimentos do sistema operacional DOS.

Deve ser muito bem remunerada a monitoria, porque além de gerenciadores de banco de dados e editor de texto, o candidato tem que conhecer as 4 versões do Lotus, inclusive a profissional (?).

* Jornal (Mural) do Brasil – 15/10/1991

“…Esta tabela contém 256 caracteres aos quais correspondem outro conjunto em EXA decimal (que é o código binário, do computador) e outro em decimal. Aconselha-se escolher o decimal por motivos…”

Hexadecimal virou EXA decimal e, para complicar, os números hexadecimais que representavam grupos de quatro dígitos de números binários passaram a ser código binário do computador.

* Jornal O GLOBO – 18/11/1991

O Único no Mercado

>> LEP TOP < < Ibm. Original. Sistema 386 c/ Hard Drive de 60 MB e Software

Surge novo termo para constar no Aurélio: o “LEP TOP”, um micro leve, portátil, upgrade do LapTop.

* Folha de S. Paulo – 02/02/1992

roinformática
Com boa aparência em Lotus 1,2,3 e Word 5.0, oferecemos salário compatível com o cargo.

Agora, além do conhecimento, os candidatos necessitam assemelhar-se aos softwares.

* Estado de Minas – Janeiro/91

“NOVA IORQUE – A guerra do Golfo ja tem seu primeiro herói: o computador. “Pela primeira vez na história bélica, o silicone se revelou mais poderoso que o aço” (…)

“Projetada e administrada pelos computadores, a guerra se faz com armas de coração de silicone, o que garante uma precisão de resultados que poupa vidas humanas dos dois lados do conflito, segundo se afirma”…

Traduziu-se a palavra silicon (em inglês silício) por silicone. Se isso fosse verdade, os grandes cardiologistas certamente lidariam com a mais alta tecnologia de ponta implantando próteses em seus pacientes.

* Revista BYTE – FEV/MAR /1992

…”Enquanto que as placas EGA/VGA possuem também uma área em RAM (Read Acessible Memory – Memória de Leitura Acessível), que pode ser alterada, pode-se colocar e retirar e acessar informações nessas áreas de memória”…

Quem diria! A sigla RAM (Random Access Memory) mudou de significado.

* Revista PC MAGAZINE – Março/1992

…”Os discos rígidos sempre rodaram seus pratos em 3.600 rotações por segundo, padrão universal”…

Estes discos não têm controladora IDE ou SCSI, mas sim “Controladora Schumacher”.

* Revista PC MUNDO – Junho/1991

“A velocidade do disco rígido é quase tão importante, por isso escolha um tempo médio de acesso inferior a 23 minutos. Felizmente, você vai encontrá-lo nas três máquinas desta análise”…

Será que o tempo médio de acesso igual a 20 minutos está bom? Afinal, trata-se de uma compra inteligente.

* Jornal O Povo – 13/03/1992

Glossário de Informática

Bilis: Especie de programa que contem informações sobre o funcionamento da máquina e que já vem no próprio equipamento.
Bytes: Unidade correspondente a uma letra de máquina de datilografar.

* Livro “DOS Curso Básico” – Ed. Atlas

Mainframe: Computador de grande porte, utilizado por bancos, grandes indústrias, universidades e instituições governamentais…
Microcomputador: Computador cuja o console principal cabe sobre uma mesa de trabalho…
Minicomputador: Computador do tamanho de uma mesa de escritório…

Seguindo o raciocínio acima:
Laptop: Computador do tamanho de uma mesinha de telefone…

* Livro “Explorando o OS/2” – Ed. Campus

…”essa versão sustentava disquetes de três pés e meio e continha a função de formatação para um dispositivo no driver do dispositivo”…

Se o disquete tem essas medidas, imagine o computador e a impressora de 132 colunas. Esse disquete nem o Fregola deve ter.

* “QuickBASIC” – Guia do Usuário

…”digamos que você esteja pensando em comprar um microondas de 8 metros cúbicos. Se o forno é um cubo, entao ele tem 2 pés de largura, 2 pés de altura e 2 pés de profundidade”…

Possivelmente este forno de microondas, pelas suas dimensões, é para assar elefante.

* Revista Bolsa de Oportunidades e Negócios – Num. 1

LIDERANÇA NO MERCADO DE INFORMÁTICA
A Computex Sistemas Digitais Ltda. possui mais de 100 anos de atuação no mercado de informática no Vale do Paraíba…

Com 100 anos de atuação, por pouco, a Lei Áurea não foi editada em computador.

* O Estado de S. Paulo – 12/09/1993

“Parte do “cérebro” da memória de arquivos dos computadores de PC, recolhidos pela Receita Federal, classificado no titulo “Unidade Central de Processamento”, é dedicada aos negócios que Paulo Cesar Farias fazia com o alto empresariado. Esse programa é denominado Lotus 1-2-3″…

A Lotus ficou sabendo por esta matéria que o seu 1-2-3 estava sendo agregado aos chips dos microcomputadores.

* Balcão Informática (Pag.12) – 10/09/1992

VENDO
VIDEO COLLOR COMPATIVEL com PC. 712-(…). Itamar.

Nao é Maceió, nem Brasilia. É Niterói. Acredite se quiser… É coincidência ou não?

* Folha Informática (Pag. 5-3) – 08/07/1992

VENDE-SE URGENTE
PA-RISC
MODELO 827

Fab.: Hewlett Packard Co.
– Clock =48 Mhz,TPS = 33,7 , MIPS = 53
– Winchester 1,0 Gb
– Fita Dat 1,3 Gb
– Co-Processador
– Memória RAM 24,0 Mb
– 48 saídas Seriais
Consolo 14″
– Placa de Comunicação X-25
– Bateria Backup
– HP-UX, Cobol (64 Usuários)
– Placa Comunicação LAN (TCP/IP, ARPA NFS)

Finalmente, o hard que faltava! Neste anúncio, alem do equipamento, o comprador pode levar um “consolo de 14 polegadas”…

* Termo de Garantia da Impressora HP DeskJet 500

TERMO DE GARANTIA
Este produto é garantido pela EDISA INFORMATICA S.A., contra defeito de material e montagem de que trata a Lei.(…) A garantia aqui mencionada não se aplica a defeitos resultantes de:

– Danos decorrentes de ato de Deus, guerra e conturbações civis.

A EDISA (que na época fabricava as impressoras HP no Brasil) nao se responsabilizava pelos castigos divinos que nossos equipamentos pecadores viessem a receber.

* ComputerWorld Brasil – 02/11/1992

LANÇAMENTOS DA PEN EXPO

…O SuperTablet está baseado no 80386SL de 25 MHz e tem um co-processador matemático e uma arquitetura de video de onibus local.

Alguém sabe informar em que linha circulará este tal de SuperTablet?

* Jornal do Brasil – 12/01/1993

DeskMaster

* PC/AT SAMSUNG 386SX – 25
* 2 Mb RAM
* Drive (1.2m ou 1.44m)
* Monitor VGA Mono SAMSUNG
* Teclado 101 Teclas SAMSUNG
* DOS 5.0 Microsoft c/Manuel em Português

Com a finalidade de aumentar as vendas, esta empresa resolveu não somente importar um bom equipamento, mas também um bom operador lusitano para serem revendidos, juntos, a preços baixíssimos!

* Informatica Exame – Novembro/1992

…”Compatível com o PC/XT, o PC SID 800 trabalha com clock 4,77 ou 10 mil MHz, dispõe de quatro slots para expansão e memória dinâmica de ate 1 MB, rodando sob”…

Surgiu o mais rápido XT do mundo: o PC SID 800. Pode trabalhar na lentidão de 4,77 MHz ou, se quiser, funcionar na incrível velocidade de 10.000 MHz, mais rápido do que um Athlon 64.

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 16 total, 1 max)