Comparando os paredões

O Big CPI Brasil tem uma emoção extra que o Big Brother, na Globo, não tem. Os deputados cassáveis conseguem muitos artifícios para tentar escapar do paredão. Zé Dirceu tentou de tudo, até o STF (“O futuro de Zé Dirceu a Sepúlveda Pertence”, lembram?). Agora é Wanderval Santos que tenta todos os recursos possíveis e imagináveis. Já tomou um toco (!) da Juíza Denise Frossard, mas conseguiu tempo na CCJ.

No reality show global, não tem recurso nenhum. Foi mandado pro paredão, pro paredão vai e pronto. Ponto. Como a televisão tá chata. A sorte é que tem “JK” e “Lost” depois.

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 1 total, 1 max)