Os computadores e a Internet segundo os usuários “normais”

OS COMPUTADORES

– Não existe “processador de texto” ou “planilha”. Existem Word e Excel, respectivamente. Não existe PC sem esses dois programas.

– Todos os computadores do mundo rodam Windows. O nome Windows significa “todos os softwares”, de uma maneira geral e abrangente. Você não faz idéia do que significa “sistema operacional”, menos ainda que possa existir no mundo mais de um desses. (Exceção: se você é mais velho, pode se lembrar da linha de comando do DOS.)

– Computadores ficam mais e mais lentos conforme passa o tempo. Isso é perfeitamente natural e normal, assim como a necessidade de reinstalar tudo periodicamente.

– Existem exatamente dois videogames para PC: Paciência e Campo Minado. Você nunca vai ter a idéia de buscar, baixar e instalar outro jogo.

– “Atualização de software” é um conceito completamente desconhecido. Se os updates do sistema fossem automáticos, você os desligaria, porque enchem o saco.

– Os teclados têm uma tecnologia mágica que faz as teclas mudarem de lugar sozinhas quando ninguém está vendo, por isso você sempre tem que olhar para o teclado atentamente enquanto digita, mesmo após uma década de digitação constante.

– Computadores perguntam “Você tem certeza…?” o tempo todo porque eles foram feitos para idiotas. Como você é inteligente, pode clicar sempre no botão “OK” sem ler a mensagem e economizar tempo.

– Nada é mais bacana do que os screensavers animados.

– Se você fez alguma coisa que “quebrou” o computador, ao chamar alguém para ajudar negue tudo. Você não fez nada de errado, a máquina simplesmente pifou do nada. Computadores não são confiáveis, é assim mesmo.

– Existem duas maneiras de usar senhas:

  • Use a mesma senha para tudo. Deve ser algo bem fácil de adivinhar; por exemplo, o nome do seu time de futebol. Melhor ainda, anote a senha num papel e grude-o no monitor.
  • Quando o PC pedir uma senha nova, digite qualquer coisa e esqueça imediatamente. Faça o mesmo para todos os serviços e sistemas que acessar.

– Ao seguir instruções passo-a-passo, se algo não der certo, em vez de tentar entender onde pode estar o problema, ou mesmo ler a mensagem de erro, simplesmente recomece todo o procedimento do início. Repita conforme necessário.

– “Como assim, meu PC não pode rodar o Windows Vista?! Fala sério! Ele é topo de linha!” (de oito anos atrás)

– Memória pode significar “uma” HD ou aquelas plaquinhas verdes cheias de chips. Você jamais vai se preocupar em saber qual é a diferença entre as duas coisas. Se o seu computador é lento demais para rodar o seu Photoshop pirata, todo mundo diz que é só colocar mais memória. Então, você manda comprar e instalar “uma” HD maior. Inexplicavelmente, a lentidão continua.

– “Como assim, a minha memória não serve no PC novo?! Paguei uma fortuna por ela!”

– Seu monitor tem uma fileira de botões de controle bem à sua frente e o menu na tela está em bom e claro português, mas você jamais terá a iniciativa de ajustar a geometria da imagem para que ocupe toda a área útil da tela, ou de ajustar as cores para que fiquem mais realistas. Você nem mesmo pedirá que seu conhecido geek faça esses ajustes por você.

– O seu mouse gruda na mesa e não quer deslizar, de tanta gosma nojenta acumulada embaixo dele; mas você jamais, nunca, never ever terá a percepção de que ele pode precisar de uma limpeza externa para funcionar melhor. Idem para o teclado forrado de fios de cabelo e migalhas de biscoitos e com as teclas cobertas de mais gosma nojenta.

– O seu gravador de CD nunca é usado porque é um modelo ancestral, um caixotão externo SCSI sem o terminador, que só funciona nos dias em que ele está de bom humor, e você se conforma e acha que aparelhos eletrônicos são assim mesmo, em vez de pensar em adquirir um modelo mais moderno e que funcione. No dia da formatação e reinstalação periódica do Windows, você não tem nenhum backup em CD para restaurar seus dados. Você se conforma e acha que aparelhos eletrônicos são assim mesmo.

– Se precisar receber alguma coisa desenhada, como “uma” logo de um cliente, peça sempre “em Corel”. Afinal, programa de desenho só existe um, e o nome dele é CorelDraw, certo? “PDF”, o que é isso? Você não faz idéia, portanto não deve ser importante.

– Escolher fontes pra quê? Todo mundo usa Arial, é tão conveniente, serve pra qualquer coisa e está bem no topo do menu.

– Se na rede local da empresa houver uma impressora preto e branco e uma colorida, troque as bolas e imprima as fotografias e ilustrações na primeira e os textos na segunda.

– Quer ler um texto da Internet com mais de duas telas de comprimento? Mande imprimir na impressora da empresa. E esqueça os prints na impressora para sempre.

A INTERNET

– Internet Explorer é outro nome para “A Internet”. Quando você fala em “acessar a Internet”, quer dizer “abrir o IE”. Não compreende o conceito de browser, não sabe a diferença entre Web e os outros serviços de Internet e desconhece totalmente que existem outros browsers que competem com o IE.

– Nem toque na barra de endereço do browser. Seu procedimento para entrar num site qualquer é digitar um pedaço do nome dele na busca do MSN que aparece como home page toda vez que você abre “a Internet” (isto é, a cada nova janela do IE). Repita o processo toda vez que precisar voltar ao site. Esse método serve até mesmo para entrar em serviços de busca. Por exemplo, para ir para o Google você busca por “google” no MSN Search.

– Você jamais usa a Internet para entretenimento, exceto nos casos do MSN Messenger e do orkut. Você nunca se interessa em explorar a rede para aprender alguma coisa nova. Absolutamente todos os links que clica são piadas e bizarrices enviadas pelos colegas de trabalho e amigos.

– Quanto mais barras de controles e botoneiras na “internet” melhor, mesmo que você nunca use nenhuma delas.

– Quanto mais animada, enfeitada e barulhenta uma página da “internet”, melhor.

– Fazer compras pela Internet é uma idéia absurda. Tem “hackers” roubando os números de todos os cartões de crédito! Acesse o site para pegar o endereço e vá até a loja de carro.

– Toda mensagem humanitária deve ser repassada, mesmo que não haja nenhuma data, fato ou link para uma página da “internet” com mais esclarecimentos, provando que não é uma pegadinha. Todo anúncio de vírus deve ser repassado, mesmo que não tenha confirmação das empresas de antivírus. Todo abaixo-assinado via email é presumivelmente coletado magicamente por um abnegado compilador desconhecido sem endereço para retorno. É perfeitamente normal os abaixo-assinados pedirem endereço completo, CPF e telefone. Mails de bancos já vêm com campos para colocar o número da conta e a senha de acesso, que modernidade! Esquemas geniais para ganhar fortunas sem fazer nenhum esforço, como é que todo mundo não participa??

– Você nunca limpa a sua caixa de email. Se ela parar de funcionar devido à superlotação, simplesmente crie outra e envie o endereço novo para todos os seus amigos.

– Se o conhecido geek que vive consertando o seu PC vier com um papo de usar o tal do “fox fire” em vez da Internet, ignore. Quem ele pensa que é para saber mais do que você?

– Bill Gates inventou o computador. A Internet também foi idéia dele. Louvado seja.

– Em listas de discussões e fóruns, nunca edite as mensagens e deixe acumular os textos de todos os dezoito remetentes anteriores. Nunca se sabe se alguém vai precisar referenciar as palavras originais que você respondeu de maneira tão perfeita e sábia. Mas no caso de iniciar um assunto novo, vale o oposto: o conteúdo da sua mensagem deve ter no máximo metade do tamanho do seu sig – aquele lixo todo enfeitado que você coloca automaticamente ao final de todo e cada email, contendo uma citação mal traduzida, a configuração completa do seu computador, cinco endereços de email alternativos, o telefone do seu cachorro, o nome do seu time de futebol e um GIF animado de um personagem de gibi.

– Se alguém numa lista lhe dirigir uma mensagem em tom que possa ser vagamente interpretado como sarcástico, crítico ou apenas discordante, não perca um instante: destrua imediatamente o miserável com um flame. Não espere o sangue esfriar. Responda cada cinco palavras da mensagem original dele com um contra-argumento completo. Emende com um sermão quilométrico para doutrinar os outros membros da lista. Assim o seu correspondente vai saber com quem está mexendo. Não perca a mais tênue oportunidade de impor seus pontos de vista em assuntos como religião, política e escolha de computador. Alguém precisa ensinar esses ignorantes.

– O que você tem a dizer para o mundo é mais importante que tudo o que possa ouvir dos outros, por isso seu nick no MSN será sempre uma frase pretensiosa e longa que não contém seu nome, e que os outros se virem para identificar você na lista de contatos.

– Se você tem blog, limite-se a comentar as notícias do dia, falar dos posts de outros blogs, xingar políticos, escrever indiretas para desafetos que nem lêem o seu site, demonstrar como é cool, contar em minúcias a vida entediante do seu animal de estimação e colocar aquele link bizarro que um amigo passou. Quando sobrar tempo, poste pedindo desculpas por não escrever muito, pois falta tempo. Choramingue que seu layout está feio e quem sabe uma boa alma não desenha um novo só para você.

– O site mais importante de toda a Internet é o orkut. Você nem desconfia que há muitos anos outros sites já ofereciam fóruns de discussão (“comunidades”) e álbuns de fotos onde cabem mais de 12 imagens.

– Suponha que as pessoas não acessam o seu álbum do orkut para ver como é a sua aparência. Confunda os visitantes lotando o álbum com fotos de imensos grupos de companheiros de balada que eles nunca vão conhecer. Se você é mulher, poste cinco ou seis auto-retratos de webcam absolutamente idênticos entre si e não esqueça de escrever EU TE AMO como legenda para as fotos de todas as suas amigas, pois isso está na moda e deixa os homens com ciuminho. Como foto principal do perfil, ponha um retrato tosco da sua infância ou uma foto de corpo inteiro onde não dá para enxergar nada. Se for homem, ponha uma imagem de um herói de videogame ou vilão do cinema; também vale qualquer imagem onde não aparece seu rosto.

– Registre-se em 280 comunidades de assuntos totalmente irrelevantes, só para demonstrar que tem senso de humor, e jamais contribua em nenhuma delas, mas participe assiduamente dos joguinhos patéticos como “você masturbaria ou não a pessoa acima”.

– Centenas de estranhos visitam seu perfil do orkut todo dia. Portanto, cause uma boa impressão dirigindo-se aos visitantes em linguagem polida, como por exemplo, “EU NÃO ADD SEM SCRAP” e “KRAS VCS SAUM SEM NOCAUM AMU TDS VCS KKKKKKKK BJNHUSSS“.

– Mas agora fique triste, porque acabaram de repassar um mail dizendo que deu na TV Globo que o orkut vai passar a ser pago.

(via Mario AV)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 2 total, 1 max)