Isto é Lula

Isto é Lula

No contexto da polêmica recente em torno de mais um desastrado discurso, que enseja inclusive processo por crime de responsabilidade e moção de censura do Senado Federal, recapitulo algumas das tiradas mais brilhantes de nosso presidente.

Lula Defensor dos fracos e oprimidos
“Quando se aposentarem, por favor, não fiquem em casa atrapalhando a família. Tem que procurar alguma coisa para fazer.” (Ao assinar o Estatuto do Idoso perante uma delegação de idosos no dia 1º de Outubro de 2003)

Lula Psiquiatra
“Falar de doença mental não deve ser difícil para ninguém (…) sabemos que o problema não atinge apenas os que já foram identificados como pessoas com algum problema de deficiência, porque a dura realidade é que todos nós temos um pouco de louco dentro de nós. Todos nós. Quem não acreditar, é só fazer uma retrospectiva do seu comportamento pessoal nos últimos dez anos”. (Estado de S. Paulo, 1º de novembro de 2003)

Lula Sensível
“Estou vendo aqui companheiros portadores de deficiência física. Estou vendo o Arnaldo Godoy sentado, tentando me olhar, mas ele não pode me olhar porque ele é cego. Estou aqui à tua esquerda, viu, Arnaldo! Agora, você está olhando pra mim…” (Página da Radiobrás – 27 de junho de 2003)

Lula Estrategista
“Não adianta ter um bando de generais e de soldados”. (Informativo do Exército Brasileiro – 17 de dezembro de 2003)

Lula Cultural
“Não é mérito, mas, pela primeira vez na história da República, a República tem um presidente e um vice-presidente que não têm diploma universitário. Possivelmente, se nós tivéssemos, poderíamos fazer muito mais”. (Primeira Leitura – 13 de setembro de 2003)

Lula Heróico
“Cheguei à Presidência para fazer as coisas que precisavam ser feitas e que muitos presidentes antes de mim foram covardes e não tiveram coragem de fazer”. (Folha de S. Paulo – 30 de outubro de 2003)


Lula Poliglota
“Estou otimista porque estamos aumentando as taxas de interesses:”‘Tasa de interes’ significa, em espanhol, taxa de juros. ‘Taxas de interesses’ não significa absolutamente nada em língua alguma.”: dentro do Brasil”. (Discurso à Cúpula das Américas em Monterrey, México – 13 de janeiro de 2004)

Lula Comerciante
“Vou fazer um desafio para que vocês aprendam a vender mais do que reclamar”. (Falando em 27/01/2004 aos empresários que o acompanhavam durante visita a Índia)

Lula Oportuno
“Há males que vêm para bem”. (Ao agradecer ao presidente da Rússia pelo apoio que seu país estava dando às investigações do acidente de Alcântara, quando morreram 19 técnicos)

Lula Matemático
“Aprendi a contar até dez, apesar de só ter nove dedos, que é para não cometer erros. Um erro em qualquer outro governo é mais um erro. No nosso, não pode acontecer”. (Lançamento do Plano Safra para a Agricultura Familiar, em 24/07/2003)

Lula Todo-poderoso
“Não tem geada, não tem terremoto, não tem cara feia. Não tem Congresso Nacional, não tem um Poder Judiciário. Nem Deus será capaz de impedir que a gente faça este país ocupar o lugar de destaque que ele nunca deveria ter deixado de ocupar”. (Em discurso na CNI, Confederação Nacional da Indústria)

Lula Legislador
“Tem lei que pega e tem lei que não pega. Essa do Primeiro Emprego não pegou”. (Fonte: Estadão)

Lula Mártir
“O bom de ser governo é do dia em que você é eleito até a posse. Depois, é só problemas.” (Discurso em 24 de março de 2004)

Lula Gourmet
“Por que em vez de perguntar você não enche a boca de castanha?” (Falando a uma repórter que perguntava, em 5 de fevereiro de 2004, sobre o boato da saída de Henrique Meirelles do Banco Central)

Lula Bíblico
“Se fosse fácil resolver o problema da fome, não teríamos fome”.
“Deus pôs os pés aqui [no Brasil] e falou: ‘Olha, aqui vai ter tudo. Agora, é só homens e mulheres terem juízo que as coisas vão dar certo’”.
(Falando na abertura da Expo Fome Zero, em 10 de fevereiro de 2004)

Lula Profeta
“Será o maior programa social já visto na face da Terra”. (Falando no Pará sobre o Bolsa-Família, em 26 de fevereiro de 2004)

Lula Prodígio
“Eu sou filho de uma mulher que nasceu analfabeta”. (Falando no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março de 2004)

Lula Sutil
“Estou com uma dor no pé, mas não posso nem mancar, para a imprensa não dizer que estou mancando porque estou num encontro com os companheiros portadores de deficiência”. (Encontro com atletas paraolímpicos, em dezembro de 2003)

Lula Sensível
“O objetivo desta competição é conquistar vagas para os jogos paraolímpicos de Antenas (sic), em 2004, nas modalidades basquete, vôlei masculino e feminino e adestramento. E aumentar a quantidade de vagas em atletismo, natação, ciclismo e esgrima”.

“Todos vocês vão competir a uma vaga para Antenas (sic)? E quem é que acha que vai ganhar? Levante a mão aí para ver”.
(Fonte: Unifolha, 02/12/2003)

Lula Ecumênico
“Um brinde à felicidade do presidente Al Assad!”. (O presidente sírio não se levantou nem ergueu a taça porque os muçulmanos não ingerem bebidas alcoólicas – Tribuna da Imprensa, 04 de dezembro de 2003)

Lula Histórico
“O mínimo deveria ser de R$ 1.100,00 se levasse em conta o valor real de 1939. Os que recebem o mínimo deveriam receber pedidos de desculpas do governo”. (Em outubro de 1998)

Lula herói do povo
“O presidente [Fernando Henrique Cardoso] ainda vê um pequeno aumento no salário mínimo como custo. Deveria ver como renda. O trabalhador ganhando R$40,00 a mais não vai comprar dólar nem carro importado. Vai comprar feijão, arroz”. (Durante a campanha para a presidência em 1998)

Lula Erudito
“Quando Napoleão foi à China”. (Citado por Miriam Leitão, em O Globo, 01/05/2004 e lido em vários jornais)

Lula Cavalheiro
“…a galega [a primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva] engravidou logo no primeiro dia, porque pernambucano não deixa por menos”. (Na Fenadoce, em Pelotas, 17/06/2003)

Lula Politizado
“Daqui a dois ou três anos possivelmente não estaremos aqui, talvez sejam outros. E nem será o Tony Blair que estará convidando, será outra pessoa”. (Em reunião de Chefes de Estado em Londres, onde o regime é parlamentarista e o mandato do primeiro-ministro não tem prazo para acabar)

Lula Diplomático
“Estou surpreso porque, quem chega a Windhoek, não parece que está num país africano”. (Em 8 de novembro de 2003, em Windhoek, capital da Namíbia, em discurso, ao lado do presidente Sam Nujoma, que, durante a fala, puxou o brasileiro pelo braço)

“Um país que constrói um monumento daquela magnitude tem tudo para ser mais desenvolvido do que é atualmente”. (Na Índia, referindo-se ao Taj Mahal, em 29 de janeiro de 2004)

“O desafio colocado para nós é o de que não basta crescer para atender uma pequena casta da nossa sociedade”. (Falando na Índia, em 21 de janeiro de 2004. A Índia é dividida em castas e a discussão do assunto com estrangeiros é vista com reservas no país)

“Conheço o Panamá só de dormir. Até recentemente, sempre que eu ia a Cuba, tinha que dormir uma noite lá”. (Dirigindo-se ao embaixador do Panamá, em 16 de maio de 2003, no Palácio do Planalto, durante cerimônia de entrega de credenciais de embaixadores)

Lula Patriota
“Em qualquer lugar do mundo que eu vou, eu tenho que levar flores ao túmulo do herói nacional. No Brasil não tem”. (Falando em 19 de julho de 2004 no lançamento da campanha “O melhor do Brasil é o brasileiro”)

Lula Controverso
“Pobre do país que precisa de heróis para defender a dignidade. Pobre do país que precisa de mártires para defender a liberdade ou de mortos para defender a vida”. (Falando em 29 de junho, na abertura da Conferência Nacional dos Direitos Humanos)

Lula Filósofo
“O governo tenta fazer o simples, porque o difícil é difícil”. (1ª Conferência Nacional do Esporte, em 17 de junho de 2004)

Lula Sindicalista
“Vocês fazem parte de uma minoria de 8 milhões que pagam Imposto de Renda. São privilegiados os que ganham para pagar IR.” (Falando em 26 de abril de 2004 aos metalúrgicos do ABC sobre o pedido que lhe faziam para corrigir a tabela do IR. Seguiu-se uma estrondosa vaia…)

Lula Poeta
“O Atlântico é apenas um rio caudaloso, de praias de areias brancas, que une os dois países”. (Falando no Gabão sobre a aproximação entre o Brasil e aquele país – O Estado de S. Paulo, 27 de julho de 2004)

Lula Atento
“Cumprimento o presidente da Mercedes-Benz… Pois eu quero dizer na frente do presidente da Mercedes-Benz (…)” (Falando no Palácio do Planalto, em 6 de fevereiro de 2004, ao presidente mundial da General Motors, Richard Wagoner)

Lula Gastroenterologista
“Na Amazônia, vivem 20 milhões de cidadãos que têm mulheres e filhos. Mulheres e filhos são apêndices dos cidadãos…” (Citado por Miriam Leitão em O Globo, 1º de maio de 2004)

Lula Geógrafo
“O continente sul-americano e o continente árabe (sic) não podem mais, no século XXI, ficar à espera de serem descobertos”. (Falando na Síria, em 04 de abril de 2004)

“O Brasil só não faz fronteira com Chile, Equador e Bolívia”. (Falando a empresários, em Nova Iorque, no dia 23/06/2004, demonstrando ignorar que temos 3 mil quilômetros de fronteira com a Bolívia)

“Por muitos anos o Brasil não pôde sequer conversar com a Líbia porque os americanos não gostavam dos libaneses”. (Comentando sua viagem à Líbia para encontrar-se com Muamar Kadafi, em 10 de dezembro de 2003)

Lula Desafiador
“Vocês são um bando de covardes mesmo, hein? Não tiveram coragem de defender o Conselho Federal de Jornalistas”. (Ao se encontrar com jornalistas brasileiros que cobriam sua viagem à República Dominicana)

Lula Estadista
“Um dia acordei invocado e telefonei para o Bush”. (Num discurso a lideranças do PTB, no dia 28/04/2004)

Lula Agradecido
“Não pensem que vocês fizeram pouca coisa na história da humanidade, não. Possivelmente o cidadão que votou em mim não tem consciência do gesto dele num país importante como o Brasil”. (Falando para empresários na inauguração simbólica da fábrica da Cobrasma, em Osasco, no dia 3 de setembro de 2004)

Lula Democrata
“Eu fui agora ao Gabão aprender como é que um presidente consegue ficar 37 anos no poder e ainda se candidatar à reeleição”. (Em conversa com o presidente da Costa Rica, Abel Pacheco, 17/08/2004)

Lula Filósofo
“Todo brasileiro tem motivos para se sentir otimista. As perspectivas só são ruins para os desempregados”. (Aniversário da RBS, 2 de junho de 2004, em Brasília)

“Ele me dizia simplesmente o seguinte: ‘Presidente, a nossa instituição está quebrada. O processo de corrupção que aconteceu antes de nós foi muito grande. Algumas privatizações que foram feitas em tais lugares levaram a instituição a uma quebradeira.’ e prossegue: ‘Olha, se tudo isso que você está me dizendo é verdade, você só tem o direito de dizer para mim. Aí para fora você feche a boca e diga que a nossa instituição está preparada para o desenvolvimento do nosso país’”. (Discurso em Jaguaré (ES), em que afirmava haver determinado a um “alto companheiro” que silenciasse para não expor a corrupção ocorrida durante as privatizações no governo FHC, 24 de fevereiro de 2005)

Lula Feminista
“Espero que vocês não sejam desaforadas e não comecem a pensar logo na Presidência da República!” (Discurso no Dia Internacional da Mulher em 8 de março de 2005)

Fonte

Atualizando:

Lula metafórico
“Quando as pessoas vêm para o hospital e morrem na mão do Jatene, mesmo que ele tenha feito um erro, todo mundo morre satisfeito, morreu na mão do melhor. Isso é como o Zico perder um pênalti, ninguém vai dizer que ele é grosso, ele errou.”
(em visita ao Hospital das Clínicas, tentando “elogiar” o médico e ex-ministro da Saúde Adib Jatene e, pelo que falou, quase tendo sido obrigado a internar-se ali mesmo, na ala de neuropsiquiatria – O GLOBO, 29/06/2006)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 9 total, 1 max)