O bispo responde

Qual o dízimo certo?

Bispo, por favor, responda-me sobre o dízimo certo. Sou dizimista na minha paróquia não faz muito tempo, mas gostaria de saber se tem que ser os 10%. Fiz essa pergunta na minha paróquia e eles me responderam para dar 1, 2, 3%, o que o meu coração mandar. Eles dizem, na minha paróquia, que dízimo não significa porcentagem de contribuição, mas compromisso consciente e generoso. Peço essas respostas para que eu e todos, que também estejam sendo enganados, possam abrir os olhos em quanto há tempo. Bispo, ore por nós, porque eu acredito no que os pastores pregam porque eles mostram dentro da Palavra de Deus.

Resposta:

A própria Palavra já diz tudo: dízimo quer dizer décima parte, não é 1,2,3%, ou o que meu coração mandar. Foi Deus quem determinou trazer a décima parte à casa do tesouro. Ele mandou trazer 10%, por isso, eles lhe ensinaram errado, quando falaram que o dízimo era 1,2,3%. Leia Malaquias 3.10: “Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa…”.

Procure em qualquer dicionário o que significa a palavra dízimo, e você vai ver que significa a décima parte de um tudo. Estarei orando por você.

Dízimo do bruto ou do líquido?

Gostaria que o senhor me confirmasse: devemos dar o dízimo do bruto ou do líquido?

Resposta:

Caro amigo: Deve-se dar o dízimo do bruto, pois todos os descontos do salário são usados para você. Por exemplo, os descontos do INSS, vale refeição, tudo é para o seu uso próprio. Aparentemente, o dinheiro não veio para suas mãos, mas é seu, é como se o dinheiro entrasse diretamente em sua conta, ele não está com você, mas é seu e para o seu uso pessoal. Por isso, o dízimo tem que ser do bruto. Já é diferente com o empresário e o comerciante, ele não pode dar do bruto, pois irá falir. O que entra na mão dele é para pagar funcionários e fornecedores. Portanto, aquilo que sobrou, e que é o seu lucro, desse, então, ele irá dar o dízimo, pois uma empresa é diferente de uma pessoa.

Sou autônomo, como dizimar?

Bispo, eu trabalho como autônomo, como devo proceder corretamente para com Deus em relação ao dízimo, eu tenho que dizimar sobre o que vendo ou sobre o lucro? E se eu não tiver lucro?

Resposta:

Olá amigo, vou lhe dar um exemplo você compra algum produto para vender e gasta 200,00 reais, mas você já tirou o dízimo desses 200 reais, eu vendi meu produto por 1000,00.

O dízimo tem que ser calculado em cima do lucro, ou seja, no seu caso, 800,00 reais, 10%, 80,00 reais. No caso de empresas com despesas de impostos, funcionários etc, a pessoa tem que fazer um cálculo mais detalhado. Deus o abençoe na sua fidelidade.

Dízimo do vale-transporte

Bispo, além de dar o dízimo do meu salário bruto, também devo dizimar o dinheiro que recebo do vale-transporte?

Resposta:

Amigo, neste caso, é importante conhecer o mecanismo desse benefício. O vale-transporte é descontado em folha pelo valor correspondente a 6% do salário. Assim, o dízimo sobre esse benefício deverá ser calculado sobre o que exceder os 6%, que se torna um montante de lucro excedente.

É aconselhável consultar o seu próprio contra-cheque, ou se dirigir ao departamento de pessoal da firma em que trabalha para a verificação do valor descontado.

Os dinossauros existiram ou não?

Há algum tempo tenho uma dúvida: existiram realmente dinossauros? No livro de Gênesis diz que após a criação da Terra, Deus criou os animais em geral e o homem. Então, de onde vem essa história de que dinossauros habitaram na Terra há milhões de anos antes dos homens? E todos esses fósseis que foram encontrados? Por favor, bispo, esclareça-me esta dúvida.

Resposta:

Cara amiga, Os dinossauros realmente existiram e as evidências são incontestáveis. Na Bíblia está escrito que quando Lúcifer foi expulso do céu e enviado para a Terra, houve uma deformação tão grande a ponto dela se tornar sem forma e vazia (Gênesis 1. 1-2), ou seja, tudo que existia antes foi destruído pelo anjo decaído. Alguns estudiosos da Bíblia atribuem o desparecimento dos dinossauros a essa queda de Lúcifer na Terra. Explicação esta que a ciência não aceita.

Na verdade dizem que a queda de um meteoro foi a causa dessa extinção. Particularmente acredito muito mais na primeira hipótese. Pelo menos é mais coerente.

Mais novo que eu

Sou obreira da IURD, tenho 23 anos, gosto de um obreiro que também diz gostar de mim. Porém esse obreiro é mais novo que eu, ele tem apenas 20. Ele uma vez queria falar com o pastor de nossa igreja, depois desistiu, disse que já sabia a resposta. Às vezes tenho vontade de desistir da luta. Por favor, me oriente, estou disposta a praticar tudo o que o senhor me orientar. Deus o abençoe.

Resposta:

Amiga, o fato do obreiro ser três anos mais novo, não impedirá o relacionamento se houver o amor entre vocês, no entanto convém ressaltar que “o homem é o cabeça da mulher” (Ef 5.23), e quando a mulher tem mais idade normalmente tende a querer mandar no marido, e também a mulher amadurece e envelhece mais cedo, e poderá no futuro ter algumas consequências desse relacionamento. A decisão, porém, é de vocês, pois a Igreja aconselha mas não proíbe o seu namoro.

É pecado denunciar o pastor?

Bispo, gostaria de saber se é pecado ou maldição saber que o pastor está fazendo coisas erradas e levar isso até outra autoridade maior. Quando se tem certeza de que realmente está errado, qual o certo: orar e jejuar por ele ou denunciar? E esse Pastor pode amaldiçoar tal pessoa?

Resposta:

Querido leitor, todos nós somos passíveis de erros e disso não podemos nos esquecer nunca. Porém existem aqueles erros que correspondem a falhas humanas, e outros erros que estão diretamente ligados ao caráter das pessoas.

Se o que o pastor está fazendo diz respeito à falha humana, que não chega a denegrir a imagem da igreja em geral, e principalmente o nome de Jesus, então você deve orar e jejuar por ele. Agora, se o que ele está fazendo mancha o nome de Jesus e a honra dos companheiros – que trabalham árdua e honestamente pelo povo e a você como ovelha – então é preciso denunciar, com temor de Deus no coração e provas, visando à solução do problema. Não desejando, contudo, a desgraça do pastor, por vingança ou qualquer outro sentimento ruim.

E, quanto à possibilidade de ser amaldiçoado pelo pastor, basta você ler em Romanos 8.31-39, que é Jesus quem nos justifica, quem nos condenará. Que Jesus, na pessoa do Espírito Santo, lhe encha de sabedoria e temor de Deus, agora e sempre. Amém.

Retirado do site http://www.arcauniversal.com.br/ (é sério!)

(postado originalmente em 14 e 15 de maio de 2002)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 245 total, 5 max)