VOCABULÁRIO INCOMUM – Parte I

VOCABULÁRIO INCOMUM – as palavras que vão despertar o Professor Astromar oculto dentro de você

ABLEGAR (do latim) – Afastar, mandar para longe. Banir, desterrar, exilar. Desprezar, relegar.
ACÉQUIA (do árabe) – Açude, represa. Aqueduto, canal, rego.
BELVEDER (do italiano) – Mirante, terraço, belvedere.
CADIMO (do árabe) – Ágil, destro, hábil. Ardiloso, esperto. Usual, habitual.
DEVORISMO (do latim) – Despesa exagerada e injustificada. Esbanjamento do dinheiro público em proveito próprio.
EMBAUCAR (a-u) – Enganar, iludir, embair.
ENGAR (do latim) – Habituar (o animal) a algum pasto. Altercar, discutir, teimar. Habituar-se, acostumar-se.
FEDÍFRAGO (do latim) – Desleal, infiel, traidor.
GINGE (brasileirismo) – Arrepio provocado por uma emoção. Calafrio. Frenesi.
INSÉTIL (do latim) – Indivisível, impartível, inseparável, inséctil.
LETIFICAR (do latim) – Alegrar, regozijar.
MALACAFENTO (brasileirismo) – Adoentado, achacado. Antipático. Asqueroso.
MUNDÍCIA (do latim) – Asseio, limpeza, esmero, mundice, mundície.
NUNCUPATIVO (do latim) – Nominal, oral, vocal. Casamento ou testamento celebrado ou feito oralmente, de viva voz.
OCISÃO (do latim) – Assassínio, massacre, matança.
PANTOPOLISTA (do grego) – Cosmopolita.
PÁRVULO (do latim) – Criança, menino. Pequenino.
RESCRIÇÃO (do latim) – Autorização escrita para pagamento de uma quantia, cheque.
SALTATRIZ (do latim) – Que salta. Mulher que salta. Bailarina, dançarina.
TABURNO (do italiano) – Degrau, estrado, supedâneo. Tampa de sepulturas nas igrejas. Peça de madeira em forma de telha para transportar torrões para os muros das marinhas.

(postado originalmente em 04 de maio de 2004)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 23 total, 3 max)