Homem-Aranha 3

Na segunda vi o terceiro filme do Homem-Aranha, que me decepcionou um pouco. Sam Raimi colocou um monte de personagens clássicos dos quadrinhos e forçou demais a história. Um bom exemplo é o novo assassino do tio Ben.

Esperava mais do tal do simbionte, que caiu de meteorito na Terra, mas ele grudou-se a uma das roupas do herói, transformando-o em um… EMO! E não é só isso. Parker, o Emo-Aranha, ficou parecido demais com outro Peter, o Petrelli. E até com John Travolta!

O Homem-Areia é um bom vilão. Já Gwen Stacy, interpretada pela dama da água, não tem propósito quase nenhum no filme, apesar de ser importante na história original de Peter Parker. Stan Lee, o criador do herói, já velhinho, tem uma pequena participação numa cena.

E teve também um lamentável bushismo, com o herói passando em frente a uma bandeira dos EUA.

Resta o consolo (!) de que estão previstos mais 3 filmes do aracnídeo, mas talvez sem Sam Raimi na direção. E eu ainda sonho com alguém com a cor de cabelo da Mary Jane…

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 1 total, 1 max)