Estão atirando nos monges em Mianmar

Recado recebido da Ane Aguirre:

Queridos amig@s,

Os protestos na Birmânia estão se alargando, a resposta internacional está se formando – e os generais da Birmânia estão entrando em pânico. A junta militar de Mianmar proibiu reuniões de 5 ou mais pessoas e enviou milhares de tropas para controlar as ruas – mas os monges e manifestantes continuam a marchar. Oficiais desesperados bateram, lançaram gás lacrimogéneo, e dispararam sobre os seus co-cidadãos. Há noticias de que 5 monges foram atingidos pelos disparos em Rangun.

As proximas 36 horas são cruciais. Precisamos de uma medida decisiva para prevenir um massacre como o de 1988. A situação em Mianmar gerou tamanha revolta internacional que já gerou mais de 200 mil assinaturas de 192 paises tornando se a nossa maior petição global de emergência. Por favor, clique no link abaixo para assinar, depois envie este e-mail para todos que você conhece. Todos os dias, nós enviaremos a petição atualizada ao governo Chinês e ao conselho de segurança da ONU.

http://www.avaaz.org/po/stand_with_burma/n.php/?cl=21060566

Estamos pedindo para que as grandes potências da ONU, sobretudo a China que tem relações económicas com a ditadura militar de Mianmar, apliquem uma pressão decisiva para parar a violência, e depois ajudem a mediar uma transição pacífica para a democracia.

Se eles falham, os massacres serão súbitos. Os manifestantes declararam que não vão recuar. O povo de Mianmar mostrou sua coragem. As cenas enchem as nossas televisões – agora o mundo tem de agir.

http://www.avaaz.org/po/stand_with_burma/n.php/?cl=21060566

Com esperança,

Paul, Ricken, Graziela, Ben, Galit e toda a equipe Avaaz

Amanhã eu participarei de uma blogagem coletiva mundial. Cada blog participante fará um único post durante todo o dia, para chamar a atenção sobre Mianmar, a antiga Birmânia (Burma em inglês). Sem quaisquer posts que não um banner ‘Free Burma’ (libertemos a Birmânia), tentaremos fazer o equivalente virtual ao minuto – ou dia inteiro – de silêncio.

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 3 total, 1 max)