Versos, Reversos, Versões da Eguinha Pocotó

Tô mandando um dinheirinho
Lá pra casa da vovó
Vou pedir pra ela trazer
Uma geléia de mocotó
Mocotó, mocotó, mocotó!
Uma geléia de mocotó!
Mocotó, mocotó, mocotó!
Uma geléia de mocotó!
(repete 372 vezes)

Hoje eu vi um passarinho
E lembrei da minha vó,
Ela tinha um canarinho
Que comia um jiló,
Um jiló, um jiló, um jiló!
Que comia um jiló!
Um jiló, um jiló, um jiló!
Que comia um jiló!
(repete 425 vezes)

Eu fui tomar um café fraco
Lá na casa da Loló
Meu desejo era dizer
Que eu queria era pô pó
Pó pô pó, pó pô pó, pó pô pó, pó pô pó
Eu queria era pô pó
Pó pô pó, pó pô pó, pó pô pó, pó pô pó
Eu queria era pô pó
(repete 775 vezes)

E o tempo tá passando,
Tô me sentindo só,
Podia estar com meus amigos,
Jogando um totó,
Um totó, um totó, um totó!
Eu jogando um totó!
Um totó, um totó, um totó!
Eu jogando um totó!
(repete 903 vezes)

O Renato Aragão
Que já foi em Mossoró,
Tem um apelido divertido,
Ele é o Didi Mocó!
O Mocó, O Mocó, O Mocó!
Ele é o Didi Mocó!
O Mocó, O Mocó, O Mocó!
Ele é o Didi Mocó!
(repete 826 vezes)

Enquanto isso, no radinho, "A eguinha pocotó",
E quem canta essa merda,
É o Serginho, um bocó!
Um bocó, um bocó, um bocó!
O Serginho é um bocó!
Um bocó, um bocó, um bocó!
(repete 917 mil vezes)

Hoje eu vi uma menina
Que dançava um forró
E o que eu queria mesmo
Era ver seu fiofó,
Fiofó, fiofó fiofó fiofó
Queria ver o fiofó
Fiofó, fiofó fiofó fiofó
Queria ver o fiofó
(repete 1.000 vezes)

(postado originalmente em 25 de fevereiro de 2003)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 6 total, 1 max)