O bom, o ruim, o terrível e o mais terrível ainda

Bom: Sua esposa está grávida.
Ruim: Você está desempregado.
Terrível: São quadrigêmeos.
Mais terrível ainda: Você fez vasectomia no ano passado e não contou.

Bom: Sua esposa não fala mais com você.
Ruim: Ela quer o divórcio.
Terrível: Ela é advogada.
Mais terrível ainda: Você se casou com comunhão de bens.

Bom: Seu filho passou da puberdade.
Ruim: Ele está envolvido com a vizinha da frente.
Terrível: Você também está.
Mais terrível ainda: A garota está grávida.

Bom: Seu filho fica muito tempo trancado no quarto estudando.
Ruim: Ele está na puberdade.
Terrível: Você encontra filmes pornográficos embaixo da cama.
Mais terrível ainda: Você e sua esposa aparecem na maioria das fitas.

Bom: Seu filho está namorando alguém.
Ruim: Ele diz que está apaixonado.
Terrível: Trata-se de outro homem.
Mais terrível ainda: Ele é seu chefe em seu emprego novo.

Bom: Sua filha arranjou seu primeiro emprego.
Ruim: Você descobre que ela é massagista daquelas que fazem tudo.
Terrível: Seus colegas do futebol estão todos ficando clientes dela.
Mais terrível ainda: Ela está ganhando 10 vezes mais que você e disse que vai reformar a casa e te dar um carro novo.

Bom: Você arranjou uma gata quente para bater papo via CHAT. Começou no erótico, partiu pra sacanagem e descambou na pornografia pura.
Ruim: Não aguentando de tesão você resolve revelar sua identidade.
Terrível: Ela responde que te conhece e que não vai dar para continuar porque você não passa de um canalha.
Mais terrível ainda: Era sua sogra.

Pode ser pior que isso???

(postado originalmente em 22 de março de 2004)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 37 total, 4 max)

3 thoughts on “O bom, o ruim, o terrível e o mais terrível ainda

Comments are closed.