O encontro do companheiro Bush com Lula

Bush — Lula

(desconheço o autor)

Na última sexta encontrei um amigo que jura que o Lula vai dar um show representando o Brasil na política internacional. Principalmente nas relações com os Estados Unidos. O argumento é simples e direto: Lula e Bush são dois sujeitos meio broncos, e se entenderão com muito mais facilidade do que, por exemplo, com um sociólogo metidinho como o FHC.

Acho a teoria válida e muito interessante. E já me deixou aqui, imaginando como será o encontro dos dois presidentes no rancho do companheiro Bush, no Texas.

– Good morning, companheiro Bush! How are you?
– Oh yeah, Lula Boy, I’m fine, and you?
– The book is on the table!
– What?
– The book is on the table!
– Oh yeah, ha ha ha! This guy kills me!
– So, companheiro Bush, eu lhe trouxe uma cachacinha de presente.
– Cachaça? What the hell! Let’s get drunk once in a lifetime! Here, take a piece of meat!
– What?
– Meat!
– What?
– Carne, Lula Boy, carne! Linguicinha, picanha, filé mignon!
– Ah! Thank you very much, camarada!
– So, is it true that you’re Fidel Castro’s friend?
– Fidel? Sim, sim, adoro esses charutos cubanos.
– Charuto? You better take care, my friend. You know I can fuck you in a minute!
– Fuck you? Sorry, I don’t understand.
– Come closer, Lula Boy!
– Aqui está bom?
– Closer.
– Aqui?
– Yeah, now turn your back to me!
– Ei, companheiro Bush, que história é essa de passar a mão na minha bunda?!!
– Oh oh oh! I’m just kidding, my boy!
– Kidding? I don’t understand, companheiro!
– Ha ha ha! This guy kills me!!!
– Ok, então vamos brindar com cachaça, camarada!
– Right now!
– Saúde!
– Toast!
– What???
– Ha ha ha! Lula Boy, you’re a figure!!!

E assim os dois viverão felizes para sempre, quero dizer, pelo menos pelos quatro próximos anos. No domingo estarei lá na urna, eu e a torcida do Corinthians, votando no sapo barbudo e fazendo figuinha! Beijo do pescoçudo e até a semana!

(postado originalmente em 24 de outubro de 2002)

(PostRating: 0 hits today, 0 yesterday, 25 total, 11 max)